Além da motivação por parte dos superiores, a auto-motivação no ambiente de trabalho é importante para a produtividade e satisfação de funcionários

Auto-MotivaçãoAuto-motivação é mais uma das ferramentas que dão base para um trabalhador produtivo e satisfeito. As diversas práticas e técnicas de motivação de funcionários, é claro, não podem ser deixadas de lado nesse processo, no entanto, um colaborador que busca apenas incentivos externos pode não se sentir tão satisfeito quanto os que buscam inspiração e desafios em si mesmos.

Por meio da auto-motivação, um trabalho pode tornar-se mais agradável e as tarefas cotidianas mais interessantes e desafiadoras, levando o funcionário a encarar o ambiente empresarial de maneira mais suave – o que, consequentemente, acaba aumentando sua produtividade, já que a relização de projetos passa a ser vista como algo mais ligado ao prazer e menos conectado com a obrigação.

Fica claro que, para manter-se motivado neste sentido – além dos incentivos vindos por parte do setor de recursos humanos de uma empresa (que, aliás, também podem se beneficiar com as técnicas de auto-motivação) – é o próprio funcionário quem deve buscar a melhor maneira de se auto-incentivar e, para isso, técnicas simples e básicas podem ser de grande ajuda.

Fazer amizades no ambiente de trabalho pode ser o primeiro passo para a auto-motivação, já que, contando com a presença de rostos familiares, agradáveis e amigos, fica muito mais fácil enfrentar dias puxados de tarefas.

Lembrar-se das coisas agradáveis feitas ao longo do fim-de-semana (ao invés de pensar em como será desgastante a volta para o trabalho na segunda-feira) é outra boa técnica para manter-se motivado, assim como escolher novos trajetos e novas músicas no caminho para o serviço, quebrando um pouco da rotina – que, na maioria das vezes, é associada a dificuldades e ao estresse enfrentados na empresa.

Evitar o pessimismo e as lamentações ao longo do dia é outra dica valiosa, e tomar a iniciativa em realizar trabalhos desafiadores (deixando de esperar que apenas a empresa lhe traga tarefas) pode ser de extrema importância para que um colaborados se mantenha motivado, já que a produtividade e a vontade de trabalhar aumentam conforme o desejo e o interesse em realizar determinadas tarefas.

Resolucionar problemas com que tenha familiaridade por iniciativa própria também entra na lista de práticas auto-motivadoras e, além de trazerem satisfação ao funcionário, agregam um diferencial ao perfil do colaborador – o que pode se traduzir em ainda mais motivação e benefícios por parte da empresa.

Imagem: reprodução

email